Segunda, 26 de Outubro de 2020 17:33
66 984239071
POLÍTICA VAGA DE SELMA

Partidos têm até esta quinta-feira para definir candidatos ao Senado em MT na vaga de Selma Arruda

Até agora foram realizadas cinco convenções, mas apenas três candidatos foram homologados.

12/03/2020 15h48 Atualizada há 7 meses
145
Por: Redação Fonte: G1 MT
Foto: (Reprodução/Divulgação TSE)
Foto: (Reprodução/Divulgação TSE)

Os partidos têm até esta quinta-feira (12) para definir os candidatos para disputar uma vaga no Senado na eleição suplementar, que vai acontecer no dia 26 de abril. Até agora foram realizadas cinco convenções, mas apenas três candidatos foram homologados.

 Na terça-feira (10), o Partido Democrático Trabalhista (PDT), lançou Otaviano Pivetta. O candidato já foi prefeito de Lucas do Rio Verde por dois mandatos e deputado estadual. Atualmente, ele mora na capital e é empresário dos setores da agricultura e pecuária. É a primeira vez que disputa a vaga de senador.

 O partido Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e o partido Cidadania (antigo PPS) também fizeram convenções na terça-feira, mas não definiram candidato.

 Outros dois candidatos para concorrer a vaga de senador foram definidos em convenções realizadas nessa quarta-feira (11).

 Júlio Campos foi lançado pelo partido Democratas. O candidato, de 73 anos, se formou em agronomia, mas atua na política desde 1964. Ele já foi governador do estado, prefeito de Várzea Grande, deputado federal e senador.

 Já o Patriotas escolheu a Tenente Coronel Rúbia Fernanda de Oliveira para concorrer a vaga. Ela atua na Polícia Militar do estado há 24 anos. Natural de Cuiabá, pela primeira vez, disputa a vaga ao Senado.

 

 Eleição suplementar

 

A eleição para um novo senador foi definida após a cassação de Selma Arruda, por caixa dois e abuso de poder econômico na campanha eleitoral.

 Havendo necessidade, o candidato escolhido em convenção partidária deverá afastar-se de cargo que acarrete inelegibilidade no dia útil seguinte à referida escolha.

 Os partidos políticos e as coligações devem solicitar ao TRE o registro de seus candidatos até o dia 17 de março.

 Poderá participar da eleição o partido político que, até seis meses antes da data do pleito, tenha registrado seu estatuto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tenha, até a data da convenção, órgão de direção constituído na circunscrição, devidamente anotado no TRE.

 Havendo necessidade, o candidato escolhido em convenção partidária deverá afastar-se de cargo que acarrete inelegibilidade no dia útil seguinte à referida escolha.

 Cada partido deverá digitar no dia seguinte a realização da convenção a ata da mesma, e a lista dos presentes, no Módulo Externo do Sistema de Candidaturas (CANDex). As atas serão publicadas no site da Justiça Eleitoral e irão integrar os autos do registro de candidatura.

 Os partidos políticos e as coligações solicitarão ao TRE-MT o registro de seus candidatos até às 19 horas do dia 17 de março de 2020, improrrogavelmente.

 O pedido de registro deverá ser apresentado, obrigatoriamente, em meio magnético gerado pela Sistema CANDex, acompanhado das vias impressas dos formulários Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) e Requerimento de Registro de Candidatura (RRC), devidamente assinados pelos requerentes, e demais documentos exigidos pela legislação.

Nova Brasilândia - MT
Atualizado às 18h28 - Fonte: Climatempo
30°
Pancada de chuva

Mín. 21° Máx. 33°

30° Sensação
9.6 km/h Vento
42.1% Umidade do ar
90% (11mm) Chance de chuva
Amanhã (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas